Como fazer um discipulado dentro da igreja: 5 dicas essenciais

O discipulado é aquele que ensina as palavras de Jesus para outros. Além de ser um fiel, ele transmite arrebanhando outros discípulos da palavra.

Muitas pessoas acabam confundindo o discípulo com o discipulado. Mas estes são termo diferentes que te mostraremos aqui.

Veja as nossas 5 dicas e saiba como fazer um discipulado dentro de sua igreja.

discipulado na igrejaO que é um discipulado?

O discipulado cristão é um desenvolvimento do discípulo. Eles são instrumentalizados pelo Senhor para que superem suas adversidades e se aproximem cada vez mais da palavra de Jesus e de suas práticas.

Sendo assim, um discípulo é aquele que é um seguidor das palavras da bíblia.

Leia ainda: Como desenvolver o Fruto do espírito em sua vida?

Mas o discipulado vai além e também professa essas palavras para outras pessoas e também se coloca a prova de uma série de questão que a vida mundana nos apresenta.

Uma de suas principais características, é que ele sempre irá colocar Jesus em todos os seus atos, não irá virar o seu olhar ou fingir que não percebe algo. Tudo nele é orientado pela palavra.

Como fazer um discipulado dentro da sua igreja?

Uma das indicações é que você faça um discipulado em grupo dentro de sua igreja. Isso irá facilitar o processo e também pode atrair cada vez mais pessoas.

Lembre-se que na igreja sempre vão pessoas novas que muitas vezes não sabem ao certo o que esperar nem o que é a palavra do Senhor.

Não deixe que nenhuma delas escape e veja todo mundo sem preconceitos e como alguém que precisa de sua ajuda para tornar-se um discípulo.

Assim, antes de mais nada, junte as pessoas que assim como você querem se aprofundar mais na prática da evangelização. Faça uma reunião e conversem para que todos estejam cientes de como será esse processo.

Agora, veja as nossas 5 dicas para que o seu grupo de discipulado dentro da sua igreja possa ter ainda mais sucesso.

Dica 1

Sempre esteja com a palavra do Senhor. Não é só enquanto estiver na Igreja que você deve se aproximar de outros fiéis ou daqueles que estão chegando.

Nunca perca a oportunidade de professar a palavra do Senhor. Sempre pode haver uma pessoa que precisa escutar a palavra. Isso pode tanto fazer dela uma nova discípula, como também somente melhorar o seu dia.

Afinal de contas, esse pequeno gesto pode lembrar alguém que Deus a ama e que sabe o que faz.

Dica 2

Faça reuniões constantes com os discipulados para que todos possam estar devidamente instruídos.

Um discipulado que não estuda não pode levar a palavra adequadamente. Por isso, sempre é fundamental que você verifique se todos estão se atualizando e fazendo o seu trabalho adequadamente.

E, obviamente, você também não pode deixar de estudar e manter constante a sua leitura da bíblia.

Dica 3

O compromisso também é uma das principais dicas para que o seu discipulado tenha sucesso.

Você tem de se comprometer, inicialmente, com a Bíblia e entender que é necessário ter amor e também misericórdia.

Se você não tiver esse tipo de compromisso, bem como as pessoas que estão ao seu lado, não poderá obter o sucesso que deseja.

A bíblia deve te orientar em todos os passos, seu compromisso é com a palavra do Senhor e também com os fiéis, sejam eles fiéis já convertidos ou ainda os que se converterão.

Dica 4

Deixe que os discípulos também falem sobre seus anseios e inseguranças. Somente conhecendo bem aqueles aos quais você se propõe a ajudar que poderá levar de maneira efetiva a palavra.

Saber escutar também é um zoado né de qualquer discipulado de sucesso. Saiba entender todas as dúvidas dos discípulos para que você possa entender como é a vida da pessoa e como as provas de Deus aparecem em sua vida.

Assim, você conseguirá ajudá-la a entender o que é uma vida guiada por Jesus.

Dica 5

Ame aos discípulos.

Não é possível que você tenha o seu discipulado dentro da Igreja sem amar os outros discípulos.

Deus ama a todos os seus filhos, e você também deve amar a todos para que possa ajudá-los da melhor maneira possível.

Muitas vezes alguém pode ser mais desafiador para você, mas esse é mais um teste que Deus está pondo a sua frente. Não entenda como um mal, mas como uma possibilidade de crescimento.