Quem foi Leviatã, segundo a Bíblia?

O Leviatã aparece no Antigo Testamento no capítulo 41 do Livro de Jó e faz referência a um certo monstro marinho. 

Se você quiser saber mais sobre quem é esse monstro, seus significados e alguns de seus mitos, não deixe de ler este artigo para obter maiores informações.

O que é Leviatã?

O Leviatã é um monstro. Ele é remetido na Bíblia mais de uma vez. Na passagem de Jó, é caracterizado como um monstro do mar, mas em outras é sinônimo do demônio. 

leviatã manga

Assim, as leituras contemporâneas da Bíblia indicam que o  Leviatã é um monstro que também foi criado por Deus e é indomável. Sua casca dura lhe rende ainda mais resistência diante dos ataques humanos. 

Sendo assim, ao mesmo tempo que não pode ser domado, ele também pode representar um perigo para nós. Mas como toda criação, responde a Deus. 

Leia ainda: Anjo da Morte: mito ou verdade?

O Leviatã também é muito conhecido nas áreas das Ciências Humanas por conta de uma obra escrita pelo filósofo Thomas Hobbes no século XVII. Neste caso, ele queria mostrar como o Estado é alguém que irá controlar a todos para que não acabem em um estado de guerra generalizado, de todos contra todos.

A imagem que Hobbes retira da Bíblia para construir o seu leviatã é apenas para fazer menção a um grande monstro que possui vários braços e habilidades, como o que se espera do Estado. 

Onde surgiu o Leviatã?

O Leviatã surgiu do mar, local de sua morada. Além disso, é todo revestido de escamas, o que faz com que não possa ser atingido por uma lança. 

Como descrito no Livro de Jó, o Leviatã é uma grande criatura feita por Deus e incapaz de ser domada pelos seres humanos. Qualquer investimento que se faça para tentar capturá-lo ou até mesmo matá-lo é inútil.

Leviatã no Antigo Testamento

É no antigo testamento  que há maiores referências a esse monstro. Ele é sempre ilustrado como tendo grande força e sendo um perigo para quem tenta enfrentá-lo. 

Na passagem, Jó descreve exatamente isso. Coloca-se uma série de questões a respeito da possibilidade de capturar tal fera com um anzol ou de atingi-la de alguma outra maneira. E conclui que é impossível. Está para além das forças humanas. 

O único que irá poder controlá-lo, é Deus. Pois este é também o seu criador e por meio deste monstro nos mostra como nossa existência é frágil e como não poderemos ter o controle de tudo. 

Leviatã no Mangá

O Leviatã também está presente na história de um mangá –  história em quadrinhos japonesa. A obra leva o nome do monstro e foi escrita por Lee Gyuntak e com arte de Non Miyoung.

Confira: Armaduras de Deus: seus significados e sua oração

Neste caso, o monstro é retratado como aquele que anuncia o apocalipse. E não se trata somente de um monstro, mas de vários que passaram a governar a vida na terra.

A partir disso, se desenvolve a história em que uma família e outras pessoas tentam sobreviver diante desse desastre e enfrentam os monstros. 

Mitos sobre o Levitã

A própria história do Leviatã pode também ser compreendida como um mito. Pois, quando Jó trata dela, ele está contando mitos de outros povos. 

A Igreja Católica, durante a Idade Média, fazia uma leitura de que o Leviatã era um dos principais monstros dos mares. Chegava até mesmo a representar um dos pecados: a inveja. 

Como não se sabe também qual seria a sua verdadeira forma, há muitos mitos em torno disso. Podendo ser considerado desde um dragão, a uma serpente, ou uma mistura de vários animais e possuidor de vários braços. 

Não há consenso mesmo de sua origem na Bíblia. Diferentes leituras apontarão para diferentes tipos de monstros e diferentes significados. 

Ele pode ser identificado também como um monstro que, na verdade, não é um vilão, mas sim alguém que está ali para proteger os mares. 

Sendo assim, ele atacaria aqueles que entende que possam fazer mal aos mares de alguma maneira. 

Seja no mito que entende o monstro como alguém que somente quer atacar os seres humanos, ou como aquele que quer defender os mares, podemos entender também como um retrato do perigo que eram os mares.

Mas, de ambas maneira, o Leviatã só pode ser controlado por Deus, assim como os mares, afinal, todos são sua criação.

Confira ainda: Vale de Ossos Secos: veja como surgiu e quais lições ele nos deixou


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/admin/web/literatura-urgente.com.br/public_html/wp-includes/functions.php on line 4552

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/admin/web/literatura-urgente.com.br/public_html/wp-includes/functions.php on line 4552